search
top

No início era o cone…

O lúpulo pertence à família da maconha (Cannabinaceae), o que jé é bem instigante! Ainda mais instigante no lúpulo é que as plantas masculinas não tem utilidade (exceto para a inseminação, quando desejada…), portanto não se veem plantas masculinas nas plantações! (na Inglaterra o assunto é um pouco diferente, mas voltaremos a ele mais tarde…)
O cone de lúpulo, que é a fruta da planta feminina, certamente pode ser considerado como a coroa da criação, não apenas visualmente e esteticamente, mas também pelo seu conteúdo! Pois nos cones temos de tudo o que nos faz felizes (pelo menos a nós nos faz). Até 20% de ácidos alfa, até um pouco mais de 10% de ácidos beta, até mais de 3% de óleos de lúpulo e até 5% de polifenóis. O resto são lipídios, proteínas, celulose, monossacarídeos, pectina, minerais e… Água.
O lúpulo precisa de muita luz, até 18 horas/dia, e de um clima temperado (quente e úmido) para crescer. O período vegetativo vai de abril a setembro no hemisfério Norte, e de outubro a março no hemisfério Sul. Em sentido horário, a planta serpenteia em fios ou cabos e sobe a alturas vertiginosas. Faz isso no hemisfério Norte e também no hemisfério Sul, pois no fim das contas usa o mesmo relógio que nós…
O sabor e o aroma da cerveja são influenciados pelos ácidos amargos (principalmente os alfa ácidos) e pelos ÓLEOS DE LÚPULO, mas também pelos polifenóis. O sabor e o aroma da cerveja dependem, principalmente, dos seguintes fatores:
Quais variedades devo utilizar?
Em qual forma devo usar a(s) variedade(s)?
Quando (exatamente) eu adiciono o lúpulo ao mosto na parte quente (brassagem) ou à cerveja na parte fria, e como posso fazer isso?
Como anda minha fervura do mosto, bem como meu descanso no Whirlpool e minha filtração…
Como está a levedura a quem eu dou o máximo de lúpulo antes ou depois da fermentação da cerveja, e qual a condição de tal levedura em geral?
Como está meu controle do oxigênio na produção de cerveja?
Qual a composição de minha cerveja, que maltes utilizei, qual o estilo da mesma?
Como estou protegendo minha cerveja em garrafas ou barris da influência da luz e temperatura?
e naturalmente…como EU sinto o sabor e aroma dos componentes do lúpulo na cerveja?

 

Post picture from Malting and Brewing Science 2nd Edition

2 Respuestas to “No início era o cone…”

  1. Hello, I think your blog might be having browser compatibility issues. When I look at your blog site in Ie, it looks fine but when opening in Internet Explorer, it has some overlapping. I just wanted to give you a quick heads up! Other then that, amazing blog!

Dejar una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

top